Para receber futuros Boletins Informativos Online T.S. SAL, informe seus dados em: Contatos. Acesso à 1ª Edição aqui. 

A promoção de prêmios e temporada de férias numa ilha divulgada neste boletim
terminou em 30 de setembro de 2013 e foi removida em consenso com a PayPal.

Com a continuidade de projetos apenas, nos últimos vezes não tivemos muitas novidades a partilhar. Mas está decidido que a periodicidade do Boletim Informativo Eletrônico será trimestral. Ao que temos que nossa presença nas caixas postais eletrônicas de nossos clientes, leitores e amigos terá utilidade permanente para que se lembrem de nós e do que fazemos. E assim possam vez por outra respirar um pouquinho refletindo em nossas propostas e nos valores que têm nos sustentado e úteis aos seus interesses!

No contexto socioeconômico brasileiro e também no particularmente cristão, temos considerado a viabilidade de assumirmos um papel mais pujante na mídia jornalística. Ao que estamos analisando a possiblidade de estruturarmos um sistema com veículos noticiosos próprios. Especializados ou de interesse geral. Conhecer a demanda da população ao que poderíamos realizar é fundamental. Se você tiver interesse em colaborar conosco, seus comentários e sugestões sobre  necessidades desta área no Brasil poderão ser muito úteis a nossas decisões. Para projetos impressos, online e televisivos os mais diversos. Mas precisamos reconhecer o interesse público para investir nisto com segurança. Ficaremos gratos por toda participação que recebermos.

 

Perfis Úteis:

  Canal YouTube de Responsabilidade do Editor

Graça, Paz e Bem.

 

Tarcísio Santos de Salles, Autor
Iniciativas T.S. SAL, Fundador e Diretor Geral

 

 

Nos primeiros anos de nossa presença na rede, em nosso portal Internet mantínhamos espaços voltados para Meio Ambiente e Religião de orientação cristã. E ainda a coluna Conjuntura e a página relacionada a atividades filantrópicas e do terceiro setor, de entidades não governamentais. Em que havia a difusão de informações úteis e o fomento do dinamismo social com vistas ao desenvolvimento. Inclusive com links para geração de doações assistenciais cotidianas apenas com cliques diários realizados por nossos visitantes.

No espaço Conjuntura, apresentávamos abordagens diversas sobre a economia, a política, a religião e  a sociedade. Com abrangências nacionais e internacionais. O Turismo Ambiental era especialmente tratado. Fomos uma das primeiras entidades vinculadas à Igreja Católica a empreender o que hoje a Igreja oficialmente trabalha como Nova Evangelização, a evangelização através dos meios eletrônicos. O tempo mostrou que preconceitos arcaicos e infantis socialmente viciados, aversos à comunicação aberta com a sociedade e a vinculada exposição à interação salutar através dos modernos meios tecnológicos, eram retrógrados, não tinham procedência e também sustentabilidade. Concorremos assim, de forma pioneira no Brasil, senão como protagonistas da vida católica a nível internacional, à evolução científica e tecnológica na democratização do acesso à informação cada vez mais evidente.

Hoje temos, entre considerações a um papel valioso na mídia jornalística, também em conta assumir projeto de veículo católico por assim dizer leigo. Em que, ao par do que ocorre em vários países desenvolvidos, bem formadas lideranças do laicado contribuem para com a vitalidade católica de modo geral. Impulsionando assim uma permanente dinâmica multidisciplinar em que religiosos e leigos reconhecem-se reciprocamente num processo interdependente de desenvolvimento. Em o que termo "presbítero" tem uma força não somente burocrática eclesial. Mas extensivamente aos moldes do que certas traduções de excelentes edições da Bíblia expressam: dos presbíteros, culturalmente considerados, dados como reconhecidos "anciãos dotados de conduta e sabedoria" efetivamente arraigadas nas instruções divinas. Com isto evoluindo para uma sociedade atenta dinamicamente não somente às instruções sacerdotais em detrimento do que valiosos cristão não integrantes da hierarquia eclesial detêm em conhecimento e força colaborativa relacionados. Isto sem dúvida contribuirá para um clero mais desenvolto que se mantivermo-nos somente na dependência da sua iniciativa para debater a realidade da sociedade católica e dos interesses cristãos.

Tempos atrás, ouvi de um jovem Padre, ao solicitar sua opinião sobre o livro CURIOSIDADES SOBRE A BÍBLIA E A DOUTRINA CRISTÃ, acima mencionado, que o mesmo a ele nada acrescentava! Vendo assim o pobre enfoque que ele tinha dado ao assunto. Esta publicação foi produzida voltada primariamente não para religiosos, mas para leigos sem oportunidade de conhecer as minúcias da Bíblia toda. Este fato revelou, mais uma vez, uma realidade clerical brasileira com precariedades contextuais para avaliar nossas realidades e nosso trabalho sem um enfoque egocêntrico. Ele não considerou a utilidade para os desprovidos de acesso ao estudo aprofundado, na sua justificativa para a sociedade em geral. Por outro lado, anos antes, ao visitar certo dirigente de eminente entidade de educação católica, justamente para fazer uma cortesia de presenteá-lo com o mesmo livro, antes que eu concluísse minha introdução pessoal, ouvi dele: "se você quiser ser Padre, não precisa mais estudar, não!" Baseando-se justamente no conteúdo já conhecido do mesmo livro... Além de outras iniciativas minhas de interesse cultural da Igreja. Temos centenas, milhares, de leitores que aproveitaram muito, e o aproveitam e recomendam. Que mudaram suas vidas depois que o leram, ou as reforçadamente mantiveram alicerçadas na fé, na sabedoria e em obras.

A sociedade bem formada, sem amarras, desatada de nós entrópicos, é o objeto de nossa proposta de desenvolvimento. Desde que nos temos por certos, agora e sempre. Para glória de Deus, de Quem procede e vive tudo o de bom que somos e temos.

Nossos horizontes mais trabalhados no momento estão definidos pelos resultados possíveis decorrentes dos contratos editoriais para a publicação de quatro novos títulos e de um projeto próprio. A maioria deles em desenvolvimento e vinculados a concorrência de parceiros culturais a serem confirmados.

Nossos fascículos T.S. SAL Saúde vem sendo cada vez mais objeto de planejamento a uma intensificação de produções relacionadas. Ao que o que trata do Cloreto de Magnésio deverá ter conteúdo ampliado com ilustrações úteis e deveremos realizar trabalho análogo, entretanto textual, com o que apresenta etapas de processamento do Kefir para o consumo diário. Entre outros lembrados, com enfoque em parte associado ao que fazíamos no nosso antigo portal, que chegou a ter quase 150 páginas web. Mas tudo a bom termo, de acordo com o que a sociedade justificar com sua resposta ao que lhe oferecemos.

Se houver crescimento do interesse da população católica e de outros segmentos da sociedade cristã sobre nossa principal publicação sobre a Bíblia, poderemos verificar excelentes frutos em qualidade de vidas individuais e coletivas. Nos aspectos individuais e sociológicos de modo geral. Do que poderão resultar também realizações vinculadas a potenciais de interesse em outros países. Do contrário, poderemos vivenciar um redirecionamento dos nossos esforços a outras áreas em que também temos sido lembrados científica e profissionalmente. Ficando os progressos relacionados ao que poderíamos construir com a mencionada proposta protelados indefinidamente no tempo. Caso a sociedade brasileira não apresente respostas a este projeto que o justifiquem, na medida em que dispusermos de condições, dedicaremos atenção a apresentar este projeto em edições traduzidas para outros países.

O banner do início deste boletim reflete nossa ação de lembrança fraternal ao valor do conhecimento providencialmente legado por Deus a cada um de nós. Sem o qual não poderíamos ter um norte inteligente com referências corretas à felicidade humana. Ao discernimento da vida em plenitude. O que faria de nós apenas seres inteligentes tateando com especulações sobre nossa natureza, nossas origens e nosso sentido de ser. É mais uma lembrança a que você tenha ânimo e motivação a conhecer e fazer conhecer, viver e fazer viver, a vida na presença de Deus.

Vamos ver onde vamos chegar, e se vamos, além do que já foi realizado!

 

Copyright © 2013-2018 T.S. Salles & Cia. Ltda.
REPRODUÇÃO INTEGRAL OU PARCIAL DE IMAGENS E TEXTOS
PROIBIDA SEM AUTORIZAÇÃO EXPRESSA
TODOS OS DIREITOS RESERVADOS